Ajudar os outros torna-nos mais felizes, aponta ciência. Ajudar os outros não é apenas bom para eles e uma coisa boa a se fazer, mas também nos ajuda a ser mais felizes e saudáveis.

O acto de contribuir também nos conecta aos outros, criando comunidades mais fortes e ajudando a construir uma sociedade mais feliz para todos. E não é só com dinheiro – podemos ajudar com o nosso tempo, ideias e energia.

Por que é importante ajudar os outros?

Fazer coisas pelos outros – tanto faz se pequenas, não planeadas ou no caso de voluntariares-te regularmente – é uma maneira poderosa de reforçar a nossa própria felicidade e a dos outros ao redor. Podemos ajudar estranhos, familiares, amigos, colegas ou vizinhos. Podem ser velhos ou jovens, estar por perto ou bem longe.

Doar não é dar dinheiro, então não precisas ser rico. Doar aos outros pode ser algo tão simples como uma palavra, sorriso ou gesto gentil. Pode ser doar tempo, cuidado, habilidade, preocupação e atenção. Às vezes isto é tão importante quanto — ou talvez mais do que — presentes materiais.

Estudos científicos mostram que ajudar os outros impulsiona a felicidade. Aumenta os níveis de satisfação, proporciona senso de sentido, aumenta nossa sensação de competência, melhora nosso humor e reduz o stress. Pode ajudar a retirar s nossas mentes da fixação em nossos problemas também.

Gentileza com os outros é a cola que conecta a felicidade individual com comunidades maiores e com o bem-estar social. Dar aos outros nos ajuda a conectar com pessoas e supre uma das necessidades básicas humanas: relacionar-se.

Gentileza e cuidado também parecem ser contagiosos. Quando vemos alguém fazer algo gentil ou carinhoso ou quando nós mesmos recebemos alguma gentileza, somos inspirados a ser mais gentis. Desta maneira a gentileza espalha-se de um para outro, influenciando o comportamento de pessoas que nem mesmo viram o primeiro cato de gentileza acontecer. Gentileza é realmente a chave para criar uma comunidade mais feliz e confiável.

Felicidade & ajuda aos outros

A ciência mostra que existem fortes ligações entre a felicidade e ajudar aos outros. Primeiramente, a felicidade nos dá suporte para ajudar os outros. Pessoas felizes são mais propensas a ajudar — é mais provável que pessoas assim tenham realizado algum acto gentil recentemente ou tenham doado um percentual maior de seu tempo ou dinheiro ajudando outros.

Os estudos sugerem que há relações entre a felicidade e ajudar os outros para cada idade:

  • Crianças na pré-escola que demonstraram possuir empatia foram mais propensas a terem estados de espírito felizes.
  • Estudantes do ensino médio que relataram ter vivenciado sentimentos positivos intensos foram mais propensos a se envolver com serviços comunitários como voluntariado.
  • Trabalhadores adultos que estavam mais felizes no local de trabalho foram mais propensos a ajudar os outros.
  • Voluntariares-te também apresenta ligação com muitos benefícios para cidadãos idosos, incluindo felicidade e satisfação em viver.
  • Voluntariares-te também está relacionado ao aumento da felicidade independentemente da situação socio-económica do voluntário.

Créditos: A Felicidade