Amigo de Sara Tavares relata os últimos dias da cantora. A artista que encantou Portugal com a sua voz e o seu talento, faleceu no domingo, dia 19 de novembro, aos 45 anos de idade, vítima de um tumor cerebral que a afetava há mais de uma década.

Tozé Brito, produtor e amigo de Sara Tavares, falou em exclusivo ao Correio da Manhã sobre os momentos difíceis que a artista enfrentou nos últimos meses, em que esteve internada no Hospital da Luz, em Lisboa, lutando contra a doença.

Na entrevista ao jornal, Tozé Brito contou que Sara Tavares sofria de uma doença degenerativa provocada pelos tratamentos agressivos que fez para combater o cancro na cabeça, que lhe foi diagnosticado há cerca de 14 anos: “Ela desenvolveu uma doença autoimune que a debilitou muito. Nos últimos meses, só queríamos que ela tivesse paz e não sentisse dor”, afirmou Tozé, emocionado.

Tozé Brito recordou ainda a amiga como uma pessoa extraordinária, que tinha tudo para brilhar na música: “Ela era linda, tinha uma voz maravilhosa, era inteligente e criativa. Era uma artista completa e única”, elogiou o músico e produtor, que trabalhou com Sara Tavares em vários projetos.