Uma mulher encontrou um cãozinho abandonado numa caixa de papelão e salvou-o. Ashley, preparou-se para sair do trabalho e voltar para casa. Ela conduziu o trajeto habitual e finalmente desceu a sua rua. Mas quando Ashley aproximou-se da sua casa, ela viu uma caixa de papelão no final dea sua garagem. 

Ashley saiu do carro e caminhou em direção à caixa. Ela pensou ter ouvido algo se movendo lá dentro. Foi um longo dia, mas ainda assim, algo não estava certo. Foi quando ela ouviu gritos fracos. Ah não! Ashley agarrou a caixa rapidamente e correu com ela para dentro de sua casa.

Lá dentro estava o menor cachorrinho. Ele era tão pequeno, na verdade, que Ashley não sabia o que fazer! Ela ligou para um veterinário local imediatamente. Ele instruiu Ashley sobre o que fazer com o filhote até que ele pudesse vê-los no dia seguinte. Ashley tentou dar ao cachorrinho uma fórmula especial de mamadeira. Ele certamente estava com fome. 

Ela decidiu chamar o cachorrinho de Jackson.

Jackson tinha apenas 3 semanas de idade. Isso não era o ideal. Ele precisava estar com sua mãe. O filhote não conseguia regular a temperatura do corpo nem comer sozinho. Ele precisava de supervisão e cuidados práticos 24 horas por dia. No dia seguinte, o veterinário instruiu Ashley sobre o que fazer para cuidar adequadamente de Jackson.

A dupla foi para casa e Ashley apresentou Jackson a seu gato, Dan. Eles se deram bem imediatamente! Dan ensinou Jackson a jogar! Logo, porém, Ashley percebeu que algo estava errado com Jackson. Ela não podia deixar de saber o que estava errado, mas uma mãe sabe. Ela ligou para o veterinário e marcou uma consulta de emergência para o cachorrinho.

O veterinário descobre a causa provável do abandono insensível de Jackson e parte o coração de Ashley. Ainda assim, ela se recusa a desistir do cachorrinho. Para saber mais sobre Jackson e ver o que acontece a seguir, confira o vídeo do The Dodo abaixo. É realmente uma ótima história!