Agora é a sério: Tatiana e Bruno de ‘Casados à Primeira Vista’ voltam a casar em outubro. Eles foram um dos casais da segunda edição do programa ‘Casados à Primeira Vista’, na SIC e no final da experiência social, os dois decidiram divorciarem-se.

Meses mais tarde, deram uma nova oportunidade ao amor e a enfermeira foi pedida em casamento em direto no ‘Programa da Cristina’.

O casal era para ter subido ao altar no início de agosto, mas a pandemia alterou os planos. “Adiei o casamento porque não ia conseguir estar cá, porque ia trabalhar. Mudámos tudo, o Bruno compreendeu e tivemos imenso trabalho para nada! Nem trabalho, nem casamento. Estou uma noiva em desespero”, explicou a jovem à revista TV 7 Dias.

Com a cerimónia adiada para 8 de outubro em Braga, a enfermeira revela que foi obrigada a alterar o local do casamento, perdeu as viagens, o dinheiro e também o trabalho.

“Tinha viagem para poder trabalhar em junho e foi cancelada. Em julho, Portugal entrou na lista do governo inglês dos países que eram obrigados a fazer quarentena, por isso também não pude ir. Depois saiu a isenção de quarentena para os enfermeiros e um dia antes de embarcar voltaram a tirar os enfermeiros da isenção. Perdi o dinheiro todo, fiquei mesmo chateada, porque para além de tudo ainda adiei o casamento para nada”, explicou à referida publicação.

Graça Peralta é uma das convidadas e já recebeu o convite para este dia que promete ser inesquecível. “Chegou o convite para o casamento da Tatiana e do Bruno Eu e o Zé Luís lá estaremos com todo o gosto“.