More

    Parem de se comparar com as outras mães!

    Parem de se comparar com as outras mães! Não estou a escrever estas palavras com um sorriso no rosto. Não posso deixar de dizer que fiquei triste porque houve pelo menos uma pessoa a dizer que me tinha deixado de seguir porque “estou sempre a fazer atividades com as filhas”.

    Nunca disse que isto estava a ser fácil para mim. Vivo num T2 muito pequeno (mesmo muito), tenho duas miúdas cheias de energia fechadas, sem uma varanda que seja, sinto que estou sempre a fazer comida, a limpar, a arrumar ou a gritar para pararem de se esfolar vivas. Até há uma semana estava em teletrabalho e foi um mês de loucos. Tinha de trabalhar às vezes até às 3h da manhã para conseguir compensar o que não dava vazão durante o dia. E lá estavam elas a acordar cedo no dia seguinte e tudo se repetia.

    No entanto – e esse foi o meu estratagema, não significa que resulte convosco, que possam ou queiram – tirava sempre (ou quase sempre), uma horinha que fosse só para elas de manhã. Mas, notem, não era só por elas. Era por mim também. Por dois motivos essencialmente: se lhes desse atenção, “des”largavam-me mais no resto do dia. E também porque planear coisas para elas fazerem e envolver-me nos projectos delas me salva.

    É uma forma de me manter ocupada, de ter planos e projectos. Sem grandes expectativas! Às vezes quem acaba as coisas sou eu. Às vezes só fica a Isabel entusiasmada. Às vezes gostaria que não se lembrassem do que lhes prometi fazermos na véspera, porque não me apetece, mas tenho uma polícia cá em casa (Isabel). Lembrámo-nos de jogar sempre um jogo os quatro às refeições (telefone avariado/ listas de animais, etc) e há dias em que só me apetecia comer em silêncio.

    Já houve dias em que se tiveram 15 minutos da minha atenção focada foi muito. E está tudo bem. Tenho a certeza de que elas – e os vossos – não se vão lembrar disto nesta quarentena. Vão lembrar-se das partes boas. Eles não nos cobram isso tudo.

    Não escolham ver o pior dos outros nesta fase. Nem em vocês. Não se sintam frustradas porque não conseguem ter a casa arrumada, fazer a comida XPTO ou pão, ou fazer coisas com os miúdos. Quem disse que quem está nas redes a partilhar está o dia todo naquilo? E, mais importante, está feliz? Não se consegue fazer tudo bem. Muitas vezes prescindo de fazer refeições de jeito, de ter a casa arrumada ou, até, de tomar banho. Pronto, já disse.
    Não sou guru, nem psicóloga, nem nada disso, mas tentem também avaliar se estão a fazer as escolhas mais “acertadas” (não falo do banho). 

    Fará sentido continuarem a passar roupa a ferro? Que tal dobrar depois de apanhar e arrumar? Quem vos vai cobrar por isso? Quem vos vai ver? Poupam energia e tempo e cabeça [a não ser que vejam nisso uma terapia]. E fazer mais comida ao almoço a contar já com o jantar? E se eles não tomarem banho todos os dias?

    Sei lá, vejam de que forma podem tirar esse peso de cima de vocês, e por favor, sem se estarem sempre a comparar com os outros.

    Vejo quem ande a treinar todos os dias, a ler livros atrás uns dos outros, outros já acabaram de correr a Netflix, vejo quem se continue a maquilhar todos os dias (por acaso a minha pele está muito melhor desde que não o faço): se eu ficar algum dia com algum sentimento de inferioridade por isto, internem-me (dava jeito já, para ir descansar um bocado delas).

    Se calhar deviam mesmo, que já gritei mais neste mês e uma semana do que na vida toda delas. Ninguém é perfeito. Estamos todos a lidar com isto da melhor forma que sabemos. A apalpar terreno.

    A fazer ajustes todos os dias ou só a tentar sobreviver. Uns a conseguir aproveitar as coisas boas desta porcaria, outros a ver de que forma saem com alguma sanidade. Uns a descobrirem talentos que não sabiam que tinham, outros a pensar como vão conseguir continuar a pagar a escola dos miúdos se deixaram de ter trabalho.

    Não, não vamos todos ficar bem, mas que o processo seja o menos penoso e o mais leve possível. Julguemos menos e, sobretudo, paremos de nos comparar tanto. Ninguém estava à espera disto e a espera por que tudo isto passe parece interminável. Cada um lida como melhor pode ou consegue.

    Até breve, com mais ou menos sugestões de actividades com os miúdos. Mas seguramente com um copo de vinho ao lado, enquanto vos escrevo.

    A Ferver

    Catarina Miranda revela segredo na casa do Big Brother.

    Catarina Miranda revelou um segredo na casa do Big Brother. Numa partilha sincera com...

    Ex-mulher de Jorge Gabriel quer vingança e deixa apresentador nas ‘lonas’.

    A ex-mulher de Jorge Gabriel quer vingança e deixou o apresentador nas 'lonas'. O...

    Catarina Miranda recebe avião de apoio!

    Catarina Miranda recebeu uma avião de apoio! Uma das concorrentes do Big Brother, expressou...

    Artigos Relacionados

    Catarina Miranda revela segredo na casa do Big Brother.

    Catarina Miranda revelou um segredo na casa do Big Brother. Numa partilha sincera com os colegas do Big Brother, ela desvendou detalhes de um...

    Ex-mulher de Jorge Gabriel quer vingança e deixa apresentador nas ‘lonas’.

    A ex-mulher de Jorge Gabriel quer vingança e deixou o apresentador nas 'lonas'. O comunicador da RTP enfrenta desafios após divórcio tumultuado O divórcio de...

    Catarina Miranda recebe avião de apoio!

    Catarina Miranda recebeu uma avião de apoio! Uma das concorrentes do Big Brother, expressou o desejo de receber um avião de apoio, um gesto...

    Bruno Savate admite conhecer Catarina Miranda do Big Brother.

    Bruno Savate admite conhecer Catarina Miranda do Big Brother.. No Big Brother 2024, a presença de Catarina Miranda tem gerado discussão. A sua amizade...

    Catarina Sampaio enfrenta um momento difícil.

    Catarina Sampaio enfrenta um momento difícil. A participante de 35 anos do Big Brother, tem chamado a atenção não apenas pelas suas discussões com...

    Família de Daniela Ventura faz uma revelação surpreendente.

    A família de Daniela Ventura fez uma revelação surpreendente. A familia partilhou uma mensagem tocante através do Instagram. O objetivo foi celebrar o fim do...