Conceição Queiroz cometeu uma gaffe e deixou a TVI à rasca, de acordo com uma fonte da Nova Gente. A jornalista fez uma enorme confusão entre duas pessoas. Em vez de falar sobre João Loureiro, o antigo presidente do Boavista e cantor dos Ban, que teve o seu nome envolvido num esquema de tráfico de drogas, Conceição Queirós falou de João Lourenço, o presidente de Angola.

Na Embaixada de Angola, este erro caiu mal já que envolvia o nome do presidente angolano nesse esquema.

De relembrar que português João Loureiro foi ilibado de qualquer envolvimento nesse caso. Um avião em que ele seguia, no regresso a Portugal, transportava mais de meia tonelada de cocaína. Depois de encontrada pelos mecânicos, a droga foi apreendida pela polícia e João Loureiro teve que depor sobre o assunto.

Essa era a notícia, quando os brasileiros descartaram qualquer ligação de João Loureiro. O problema foi essa confusão de Conceição Queiroz, que deixa a TVI à rasca.

A notícia foi dada na manhã de domingo, 18, e a Embaixada de Angola já teria apresentado queixa formal contra a jornalista, por ter envolvido o nome de João Lourenço, um “erro grave e imperdoável”, de acordo com uma fonte da Nova Gente.