Contribuintes vão desembolsar 21 milhões de euros para vinda do Papa a Portugal. A Câmara Municipal de Lisboa já assumiu que pode pagar até 35 milhões de Euros mas a totalidade dos custos pode ser de 90 milhões.

A organização da Jornada Mundial da Juventude e da vinda do Papa a Portugal vai ter custos a rondarem os 90 milhões de euros. Evento decorrerá em agosto do ano que vem. O Governo ainda não adiantou o valor da comparticipação do Estado Central para a concretização do maior evento católico do Mundo.

Verdade é que o Governo ainda não deu a conhecer o valor da comparticipação do Estado para a realização do evento católico no nosso país.

“No início estiveram todos de acordo, mas agora chegamos à parte operacional, de quem põe as casas de banho, de quem limpa o terreno, de quem faz o quê (…) os compromissos assumidos pelo Estado, direta e indiretamente, sejam, no mínimo, paritários com o esforço feito pela autarquia de Lisboa”, afirmou Carlos Moedas.

De acordo com o gabinete do presidente da Câmara, a autarquia “assumiu as suas responsabilidades. Continuamos à espera de resposta do Governo que, até ao momento, ainda não assumiu as suas.”

“Agora chegamos à parte operacional, de quem põe as casas de banho, quem limpa o terreno, quem faz o quê. Estamos na fase de resolver esses problemas. Mas o Governo tem de ser parte da solução.”