O corpo de João Rendeiro será cremado em Portugal depois da viúva do ex banqueiro ter solicitado a trasladação do corpo para o nosso país.

Maria de Jesus pediu que o caixão selado fosse transportado pelas autoridades, já que este tinha sido o pedido de João Rendeiro, de acordo com o ‘Público’.

Relembre-se que Rendeiro foi encontrado morto a 13 de maio na prisão, já tendo a autopsia revelado que não se verificou qualquer tipo de assassinato.

Ontem, 20 de maio, no Tribunal de Verulam, processo de extradição foi cancelado. “Era uma pessoa bem-educada. É com grande tristeza que o tribunal tomou conhecimento do falecimento”, revelou o juiz.