Cristina Ferreira garante: “Não é por serem meus amigos que são escolhidos”. A Diretora de Ficção e Entretenimento da TVI deu a conhecer o motivo de regressar ao canal e garantiu que não está a escolher os profissionais apenas por serem seus amigos.

“Não é por serem meus amigos que são escolhidos”, disse. Explicou ainda que quarta-feira, estreia do ‘Dia de Cristina‘, vai falar sobre a saída de Cláudio Ramos da SIC e esclarecer a forma como viu esta troca. Quanto ao que pretende fazer no canal, informa que só em janeiro é que vai ficar como pretende. Até lá, deixa uma promessa: “Trabalharei de forma a que as pessoas la em casa sintam que trabalhámos para elas”.

“Como foi viver dois anos sem mim, profissionalmente?”, questionou Goucha. “És das pessoas que melhor compreende a minha ida. Sabes como gosto de fazer televisão. Senti que aqui não estavam a valorizar isso e estava a ser mais uma. Houve um convite e já fui para a primeira conversa a saber que ia embora. Já tinha sido diretora desta casa e nunca pude pôr em prática. Por ser mulher sempre fui colocada no meu lugar. O programa que fiz na SIC já o tinha apresentado aqui e ficou numa gaveta”, referiu.

Cristina Ferreira disse ainda que quis mudar para sentir que era capaz de atingir resultados sem Goucha. No entanto, salienta que “nunca quis competir”.

A dupla protagonizou ainda um momento de bom humor, quando o anfitrião do matutino da TVI recordou a saída da colega para o canal rival. Cristina Ferreira brincou com o valor do prémio entregue aos telespectadores e Goucha afirmou: “Quando te foste embora deixaste isto nas lonas”.