Luciana Abreu venceu e deixou o ex-marido apenas com duas cadeiras de bebé. Os bens patrimoniais (móveis, carro e casa) que Daniel Souza pretendia, ficaram com Luciana Abreu ficando este apenas com duas cadeirinhas de bebé.

As contas de Luciana Abreu chegaram a estar congeladas devido ao processo de divórcio e a cantora tinha recebido em casa a visita de agentes de execução no sentido de fazerem uma vistoria aos bens que existiam dentro da habitação. 

Luciana Abreu ficou com a guarda das filhas e o ex-marido exigiu a pensão e querer manter apelido da cantora.

O pai vai poder estar com as filhas ao fim-de-semana, quinzenal, sendo as férias, alternadas entre os dois. 

O casal está separado desde março deste ano e foi Luciana que anunciou nas redes sociais que ambos se iriam separar através de um texto na legenda de uma fotografia com o seguinte texto:

«Tudo na vida tem limites, a começar pela própria vida. No amor, o limite é o respeito e a nossa dignidade. Aprendi a nunca deixar que o que dizem sobre mim afete quem eu sou.

Para evitar rumores e mal entendidos, entendi por oportuno informar e esclarecer que tenho em curso a dissolução do meu casamento, pelo que se encontra a decorrer o processo legal do meu pedido de divórcio.»

Luciana Abreu tem mais duas filhas, fruto do relacionamento com Yannick Djaló. O ex-casal não se entende e vão enfrentar-se em breve em tribunal por causa da guarda de Lyonce, de oito anos, e Lyannii, de sete.