Georgina Rodríguez enfrenta críticas severas: “Sem conteúdo, sem interesse, sem princípios”. No programa “Passadeira Vermelha” da SIC, no dia 3 de outubro, Joana Latino participou como comentadora.

Durante o programa, falou-se sobre a nova publicação no Instagram de Georgina Rodríguez, onde ela mostrou alguns momentos de um jantar romântico com Cristiano Ronaldo em Riade.

No entanto, as fotos das jóias de ambos não agradaram à comentadora Joana Latino. De acordo com a comentadora do “Passadeira Vermelha”, “é uma questão de formação, que não tem a ver com educação, tem a ver com o lugar onde colocamos os nossos valores, e aqui os valores não são os materiais, mas sim os filosóficos. Eu fico incomodada com a incoerência. Quando eu, às vezes, aqui, critico algumas coisas que a Georgina faz é precisamente por isso. Porque ela, por um lado, quer passar a imagem de benfeitora, boa samaritana, que apoia causas de caridade (…) e depois, sabendo ela que hoje em dia há muita gente a sofrer dificuldades, este tipo de ostentação é mesmo só isso, é totalmente desnecessário.”

Joana Latino continuou a expressar a sua opinião sobre o assunto. Para a comentadora, o relógio que custa 430 mil euros é uma casa que muitas pessoas nunca poderão comprar. Depois, defende que “não devemos estar a mostrar aos outros a nossa felicidade nunca! (…) Porque isso não é bem formado, não é bem educado. (…) Se a Georgina estivesse, realmente, bem resolvida com uma mala de 40 mil euros, de 400 mil euros, não precisava de a exibir.”

Mais adiante, a comentadora do programa acusou Georgina Rodríguez de “uma total falta de empatia para com o que se passa no resto do mundo”. “Ela não está a entender que o mérito é zero dela, é 100% do fato dela ser a mulher de Cristiano Ronaldo, só. Ela tem zero conteúdo, zero interesse, zero princípios, zero valores”, afirmou.

A colega Filipa Torrinha Nunes discordou de Joana Latino, o que originou um debate de ideias entre as duas.