Para não abandonar os cães, um homem optou por viver em carrinha. Ele decidiu que iria viver na rua e sem condições para não ter de entregar para adopção os seus animais Íris e Wolf que poderiam acabar ter um final pouco feliz.

António Augusto, Tony como prefere ser chamado, tem 48 anos e vive comos dois cães numa carrinha.

Há meio ano que António Augusto, vive com dois animais na carrinha, parada junto a um parque de estacionamento da paróquia de Rio Tinto, em Gondomar.

Por diversas vezes já pediu Às entidades que o ajudassem e estas acabarma mesmo por conseguir arranjar-lhe um quarto.

A verdade é que Tony recusou sempre, uma vez que para ter esse conforto teria de abdicar da cadela Íris, de 16 anos, e o cão Wolf, de 12.

Por: Correio da Manhã