Um Índio levou o pai às cavalitas durante seis horas para que este pudesse vacinar-se. Tudo aconteceu na Amazónia e a fotografia já está a correr o mundo.

O jovem Tawy Zó’é, tem 24 anos e levou às cavalitas o pai Wahu Zó’é, de 67 anos, percorrendo a floresta cerca de seis horas. 

O médico Erik Jennings Simões tirou a fotografia e disse à BBC Brasil que aquele foi um dos momentos marcantes relativos ao ano de 2021.

De acordo com o profissional de saúde: “Quis passar uma mensagem positiva de início de ano”.

Zó’é vive em cerca de 669 mil hectares de floresta no Norte do Pará, local onde até agora ninguém ficou infetado com Covid-19.