Ljubomir Stanisic afirma que fará greve de fome. Teve lugar na Assembleia da República mais uma manifestação do movimento “Sobreviver pão e água”, que junta donos de restaurantes, bares e estabelecimentos de diversão noturna contra as medidas do Governo para conter a COVID-19.

O objetivo é que o Governo assuma novas medidas de apoio ao setor e uma reunião com o Primeiro Ministro, António Costa, ou com o Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

“Se sentirmos que não há reação do Governo, estamos preparados para dormir à porta da Assembleia da República e entrar em greve de fome. Termos fome agora ou daqui a alguns meses é só uma questão de tempo“.

O chef José Gouveia afirmou à revista TV 7 Dias que se tal não acontecer que Ljubomir Stanisic poderá entrar em greve de fome, a qualquer momento, bem como outros manifestantes. Chegaram centenas e centenas de pessoas de todo o país.

Já aconteceram duas grandes manifestações, em Lisboa e no Porto, contra o encerramento dos estabelecimentos ao fim-de-semana depois das 13 horas e o chef sérvio foi um dos principais rostos na luta pela sobrevivência do setor.