Manchester United já iniciou processo para despedir Ronaldo por justa causa, após a polémica entrevista do craque português com criticas ao clube à direção ao treinador Ten Hag.

A entrevista dada de forma intencional e Ronaldo pode arriscar uma indemnização ao clube: “O Cristiano Ronaldo terá dado a entrevista com uma intenção, mas parece-me que tem de que ter ciente que há várias consequências para ele. Há matéria para o clube arguir justa causa para terminar contrato com, estando o Ronaldo obrigado a indemnizar o clube”, disse à Renascença o advogado especialista em direito do desporto, Diogo Soares Loureiro.

“A indemnização baseia-se nos salários até ao fim do contrato, ou seja, os seis meses, mas há outras questões, como danos que o clube demonstre que sofreu por causa deste comportamento que levou à justa causa. Parece-me que, tendo em conta o jogador que é e a ‘entourage’ financeira e social, tem forma de comprovar que há danos”, acrescenta.