Maria Vieira afirmou que a SIC é “LIXO”. Ela não gostou da grande reportagem que a SIC transmitiu sobre os meandros do Partido Chega.

Depois de assistir ao último episódio da ‘Grande Ilusão’, Maria Vieira não poupou a SIC nem Pedro Coelho e na sua conta de facebook acabou por chamar “LIXO” à estação de Paço de Arcos.

Podes ver o texto na integra a seguir:

“Acabei agora mesmo de espreitar em diferido o último episódio da ‘Grande Ilusão’, aquela reportagem ficcionada e muito mal amanhada que passou ontem na SIC LIXO!

A dada altura, o repórter, muito fraquinho e muito mal encarado, que inventou aquelas estórias todas, faz um telefonema para uma pessoa qualquer, alegadamente para tentar sacar informações sobre um carro ou coisa que o valha e do outro lado da linha o seu interlocutor diz-lhe algo que define a SIC na perfeição: «Claro, vocês mentem muito na vossa televisão, eu tenho visto»!

Confesso que ainda agora me estou a rir, não apenas com a desgraça completa que foi, desde o primeiro episódio, esta amostra de reportagem que não teve ponta por onde se lhe pegasse, como, e sobretudo, com o final hilariante onde o tal repórter fraquinho e a SIC são humilhados em direto e em horário nobre, por uma pessoa que diz tudo aquilo que precisa ser dito sobre a própria SIC, caracterizando essa emissora como uma televisão onde se mente muito!!!

Esse repórter consegue ser tão mau, mas tão mau, que em vez de perturbar e prejudicar a imagem do CHEGA, como era sua intenção desde o início de toda aquela palhaçada que a SIC classificou como reportagem, acaba, isso sim, por danificar gravemente a reputação jornalística da empresa que lhe paga o salário ao fim do mês!!!

Eu só peço o seguinte aos responsáveis da SIC: por favor, façam mais reportagens contra o CHEGA, não apenas porque contribuem para o exponencial crescimento de militantes, de simpatizantes e de eleitores do meu partido, mas sobretudo porque ao invés daquele programa entediante, medíocre e imbecil do Bruno Nogueira, as reportagens da SIC têm muita graça e o povo português gosta imenso de se divertir com os programas de humor que tanta falta fazem nas televisões portuguesas” (Maria Vieira)