Militar da GNR mata-se com pólo da GNR vestido. Vítor Rebelo, suicidou-se e foi foi encontrado sem vida no dia 12 de julho, em Tábua.

O GNR enforcou-se enforcado: “numa clara mensagem à própria instituição, aos polícias, à sociedade e aos nossos governantes”, aponta a página de Facebook do Movimento Zero, que luta pelos direitos e o respeito pela dignidade dos militares.

O militar foi apanhado, no ano anterior, a vigiar o balneário feminino do Posto da GNR de Águeda com uma câmara o oculta e foi punido pelos comportamentos.

Encontrava-se agora de baixa médica e colocado no Destacamento de Santa Maria da Feira

O funeral do militar aconteceu esta tarde no cemitério de Aguada de Cima.