“AS MINHAS MÚSICAS NÃO TOCAM EM LADO NENHUM”, atirou Tony Carreira que lançou recentemente a música “Lisboa”.

O cantor afirma que as suas músicas não passam nas maiores rádios nacionais: “As minhas músicas não tocam em lado nenhum. Há um preconceito, naturalmente, e que eu tenho a noção de que é para a vida”, disse no programa Dois às 10″ da TVI.

E continuou: “Já magoou, mas agora já não. Claro que gostaria mais que tocassem, mas não tocando já não me incomoda assim tanto, porque já me habituei à ideia e, no fundo, não impede nada de acontecer, porque tenho um público extraordinário”, disse o cantor.

O cantor falou ainda da morte da filha, Sara Carreira e da lentidão da justiça: “A nossa justiça também é a miséria que é. Por exemplo, estou há dois anos a tentar saber o que aconteceu à minha filha. Portanto, a nossa justiça é isto”, disse.

E continua: “Eu cruzo-me com pessoas que me dizem que estão há dez anos com esta situação. E a nossa justiça é isto. Eu pergunto se a própria justiça acha que isto é normal. A única coisa que eu quero saber, não quero culpados não quero nada, a única coisa que eu quero saber e exijo saber, como pai, é o que aconteceu. Porque culpar alguém, para mim, já não resolve absolutamente nada”, concluiu.