“Há ainda muita coisa que merecem saber”, afirmou Rui Pinto numa mensagem aos portugueses, deixando no ar a ideia de ter informações e de poder fazer mais revelações.

“Acho que os portugueses já perceberam que a minha prolongada e desproporcional prisão preventiva tem como objetivo primordial silenciar as minhas denúncias e manter escândalos como o Luanda Leaks fechados a sete chaves.

Se dependesse da Polícia Judiciária e do Ministério Público português, estas informações nunca viriam a público.

Vistos Gold, ESCOM, BES Angola… há ainda muita coisa que os portugueses merecem saber”, lê-se na página de Twitter.

De relembrar que Rui Pinto admitiu ser o denunciante de Isabel dos Santos, no processo Luanda Leaks.