Papa Francisco deixou um alerta às sogras: “Tenham cuidado com suas línguas!”.

Citado pelo El País, o Pontífice começou por afirmar que há “lugares comuns sobre os laços de parentesco criados pelo casamento, especialmente entre sogra e nora” pelo que é importante ultrapassar “os preconceitos mais comuns.

Aos milhares de fiéis ele disse que as sogras precisam ser mais cuidadosas com as suas palavras: “A vocês, sogras, eu digo: tenham cuidado com suas línguas. É um dos pecados das sogras, a língua”, disse.

E continuou: Hoje a sogra é um personagem mítica e não estou a dizer que pensamos que são o diabo, mas diz-se sempre que são más. Mas eles são a mãe do seu marido, da sua mulher”, referiu o Papa Francisco.

As sogras “são também mães, já são velhas e uma das coisas mais agradáveis para as avós é ver os seus netos. É verdade que por vezes elas são um pouco especiais, mas deram tudo de si” e é importante “pelo menos fazê-las felizes, deixá-las viver a sua velhice com felicidade”, revelou.

O Papa terminou partilhando ainda que “a juventude mostra-se capaz de dar novo ânimo à idade madura” e que “a velhice se revela capaz de reabrir o futuro para a juventude ferida”, por isso considera muito importante “uma aliança das gerações”.