Pimpinha culpou Pedro Teixeira por induzi-la em erro no programa “Apanha Se Puderes”. A estreia de Rita Pereira como nova companheira de Pedro Teixeira no Apanha se Puderes ficou registada com a desilusão de Pimpinha Jardim.

A filha de Cinha Jardim não escondeu a  tristeza que sentiu ao perder no programa e acabou por sobrar para Pedro Teixeira

Pimpinha afirmou ter sido o apresentador a influenciá-la para que desse uma resposta errada.

A emissão do programa com a nova duplas foi para o ar este sábado, dia 23 de fevereiro e como tem sido habitual aos fins de semana teve fins solidários.

Pimpinha Jardim fez dupla com o bailarino André Branco, mas na altura de responder à quinta questão, falhou e perdeu a possibilidade de arrecadar dinheiro para doar à Casa do Artista.  

Relembre-se que há já algum meses e ainda com cristina Ferreira no comenado do programa, a apresentadora e a mãe, Cinha Jardim, participaram no formato e conseguiram ganahr 50 mil euros para a associação Ajuda de Mãe.

«Não gosto de perder principalmente quando o fim é ajudar os outros»
Pimpinha Jardim acabou por recorrer ao Instagram para justificar a sua reação. 

«Sobre a minha participação no Apanha se Puderes: Da última vez que lá estive arrecadei 50.000€ para a instituição Ajuda de Mãe. Desta vez estava mais nervosa e não consegui!

Sempre que me convidam para algum programa com fim solidário, salvo raras exceções, nunca digo que não! Cada um ajuda como pode. Esta é uma das maneiras de eu poder ajudar!

Podia ter corrido melhor? Sim! Não gosto de perder principalmente quando o fim é ajudar os outros! Não! Estou tão triste de não ter arrecadado um valor para ajudar a casa do artista que eu a titulo pessoal vou fazer um donativo! O Pedro Teixeira fez uma excelente apresentação e ainda me ajudou!

A Rita Pereira está de parabéns, com um bebé de 2 meses está a dar o litro para fazer o seu trabalho, e que bem que está a fazer! (…) Obrigada por me terem convidado a fazer parte do vosso primeiro programa e ainda mais com fins solidários!

Se as pessoas criticassem menos e ajudassem mais o próximo seríamos todos mais felizes».