O alerta está lançado: ‘Putin quer destruir todo o Ocidente’, disse o ex-presidente ucraniano Petro Poroshenko.

O político ucraniano disse que Putin não iria parar pela Ucrânia e que todo o Ocidente tinha que se preparar para o pior. Na verdade, isso parece estar em andamento.

“Ele quer destruir não apenas a Ucrânia, mas todo o Ocidente, incluindo o Reino Unido e os Estados Unidos da América”, disse o antigo presidente da Ucrânia, em declarações à Sky News.

O Ocidente pode estar pronto para atacar a qualquer momento, e Joe Biden, da América, assumiu que a NATO não exporá nenhum estado membro ao ataque da Rússia e que “protegerá cada centímetro do território da NATO”.

“Não tentem fazer um acordo com Putin. Ele irá sempre mais longe”, disse Poroshenko.

A declaração de Petro Poroshenko alerta para o que pode acontecer após a guerra ucraniana. Na verdade, Poroshenko até acreditava que atacar bases militares perto da fronteira polonesa, os mísseis viriam da Rússia, era mesmo um “ato simbólico” e a qualquer momento, a Polónia, que é uma base da NATO, pode ser atacada.