Quintino Aires foi completamente arrasado por Luís Osório que escolheu a rede social Facebook para escrever mais um “Postais do Dia”, desta vez dedicado ao psicólogo e comentador.

Osório começa por dizer que: “Quintino Aires é uma figura popular. Está há longos anos nas televisões, era uma estrela na TVI e ganhou certamente dinheiro e clientes com a exposição que lhe foi garantida. Ele era o psicólogo que se predispôs a oferecer a credibilidade “científica” aos programas mais questionáveis da estação. Fê-lo nos vários Big Brothers, fê-lo nos talk shows da manhã e da tarde, passou a existir. Foi uma relação em que todos lucraram”.

“Há umas largas semanas Quintino Aires fez um comentário homofóbico – ele que julgo ser assumidamente homossexual –, um comentário em que destratou um concorrente chamando-lhe “bicha desocupada”. A TVI despediu-o”, referiu.

E continuou: “E a CM-TV aproveitou a oportunidade para o contratar. Foi aí, já ancorado por um novo contrato, e a aproveitar o conflito que os novos patrões têm aberto com a TVI, que o psicólogo resolveu atacar a televisão e as pessoas que lhe deram guarida durante longos anos. “Sinto vergonha por ter trabalhado com aquela equipa”, confessou. E disparou em todas as direções – até para António Costa e para o PS que estariam por detrás do seu despedimento! Que ego”, aponta Luís Osório.

Ele continua afirmando que: ” É obrigatório dizer que uma pessoa que cospe no prato onde comeu durante tantos anos… …destratando a equipa que trabalhou com ele e que teve de o aturar mais às suas opiniões cobertas de irritantes certezas… não merece senão um profundo desprezo. O desprezo a que deveríamos votar as pessoas que não são boas, gente que contamina os que não têm como se defender. Quintino Aires é isto. Distância”, terminou o jornalista.