“A TVI é um alvo a abater”, afirmou Fanny Rodrigue em entrevista ao Notícias ao Minuto falando da participação no Somos Portugal.

Anunciada como apresentadora do Somos Portugal ela falou das criticas que recebe e garante que “Já lido com isso há 10 anos. Nunca fui uma pessoa que reunisse consenso. Ou gostas de mim ou vais-me odiar. Também tenho de acreditar que são mais as pessoas que gostam do que aquelas que não gostam, senão não consigo andar para a frente. Se isso magoa… claro que às vezes basta uma pessoa estar mais em baixo e vê um comentário assim e magoa. Agora, não vou estar a dar às pessoas aquilo que elas querem que é eu falhar”, diz.

 “É normal que cometa erros, porque estou a aprender. Não tirei formação de apresentadora nem de jornalismo. A única formação que eu tenho é a vida. Os meus familiares são feirantes, por isso o meu à vontade com as pessoas vem daí. Há muitas coisas que poderás andar a estudar uma vida inteira que nunca irás adquirir. Tenho muito a cena de resposta rápida: ação – reação. Não quero que me amem, ou que me torne num Goucha, porque não vou ser isso. Quero é que tenham mais consideração porque a pessoa que estão a insultar poderia ser a filha ou a neta. Toda a gente para ganhar experiência tem de ter uma oportunidade, é quase como um estágio.”

Na sua opinião “Penso que as pessoas já estão numa de: tudo o que aconteça na TVI é um alvo a abater. Não é preciso ter um curso superior para ir à Internet e perceber que a maior parte das notícias são todas contra a TVI.”