“Vamos onde tivermos de ir”, afirmou Ana Leal, jornalista da CMTV: “As pessoas vão poder voltar a ver-me no meu registo habitual, que é fazer investigação em que não existem intocáveis, em que vamos onde tivermos de ir, e vamos sempre até ao fim”, disse a jornalista.

As reportagens de Ana Leal vão começar por ser emitidas no ‘Investigação CM’: “É um projeto que vou abraçar a 100 por cento. O jornalismo deixou de ser o quarto poder para passar a ser o quarto do poder ou, como costumo dizer, o quarto dos políticos. Aqui, vai ser tudo diferente”, refere Ana Leal.

Carlos Rodrigues, diretor-executivo do CM/CMTV disse que “O programa continuará a ser um dos pilares do horário nobre, agora reforçado com mais uma jornalista que os portugueses conhecem bem e de quem se habituaram a ver grandes investigações. São investigações jornalísticas corajosas, que incomodam poderes instalados e que se adequam perfeitamente ao ADN do projeto jornalístico do Correio da Manhã”.

A estreia será nos próximos dias.