Luís Lopes venceu 11 milhões no Euromilhões mas acabou na miséria. Foi em 2009, quando o homem de 51 anos ganhou o prémio chorudo de oito milhões de euros, num total de mais de 50 milhões, que saiu a uma sociedade de amigos.

Mas a verdade é que onze anos depois, está na miséria e acusa a antiga advogada Sónia Valente de o ter enganado, revela o o Correio da Manhã. O homem apresentou queixa em tribunal, tendo a advogada negado todas as acusações referindo que este nunca lhe pagou os honorários no valor de 35 mil euros. 

Ao ganhar o prémio, o homem deixou de trabalhar, fez vários investimentos, mas os mesmos não correram como esperava.

A vida andou para a frente com o Euromilhões. Foi tudo muito bom. Mas muita gente se aproveitou. A minha vida financeira estava nas mãos da advogada. Dei-lhe carta-branca e confiei demasiado nela”, disse ao referido jornal.