“Que a próxima pessoa que aparecer em sua vida tenha uma vibe parecida com a sua”. Que vocês dividam um lanchão, um empadão, um litrão. Que possam contemplar o pôr do sol, o nascer do sol, a lua e as estrelas.
Que a próxima pessoa que aparecer em sua vida seja soma, seja inteireza, seja reciprocidade.

Que ela te olhe sempre com olhar de paixão, que o coração de vocês vibre sempre como se fosse a primeira vez, que cada beijo seja o primeiro, que cada abraço seja infinito e nele caiba o mundo de vocês dois.

Que essa pessoa te escute e te entenda. Que os teus problemas encontrem alento no colo dela, que as tuas verdades repousem confortavelmente na alma dela, que sejas tudo para ela, e vice-versa. Que consigam aparar as arestas, limpando os caminhos que forem se abrindo para vocês e que neles caminhem sempre juntos, lado a lado.

Que a vibe de vocês seja parecida, que dancem a noite toda, maratonem séries, viajem sem destino, sem dinheiro, sem frescuras. Que essa pessoa saiba do que gostas e o que detestas.

Que essa pessoa conheça cada curva do teu corpo, cada covinha do teu sorriso, cada veia na tua testa. Que ela possa se colocar no teu lugar, que abra mão do que te faz mal, que te abrace do que te faz bem.

Que os teus defeitos a encantem, que as tuas qualidades a atraiam, que a tua escuridão se vá quando a luz dessa pessoa vier. Que a próxima pessoa que aparecer na tua vida seja de repente, a ponto de assustar o teu coração, de tanto que ele baterá dentro do peito. Que essa pessoa te aninhe, anime, levante, que o(a) estime e acolha por inteiro, por fora, por dentro, de ponta cabeça. Que seja amor verdadeiro, que não seja perfeito, mas que seja o suficiente para preencher cada espaço da tua vida. E da vida dela.

Que ames, que conheças tudo de maravilhoso que o amor pode oferecer, que nunca mais tenhas que chorar e te decepcionar sozinho no canto do teu quarto.

Que não haja traição, mentira, indecisão. E que vocês se amem para sempre, até o fim das vossas vidas. Assim seja!