Zelensky distribuiu leite português na cidade de Bucha, depois dos civis daquela região terem dito que ficaram um mês sem comer pão.

Foram encontrados cerca de 410 corpos torturados e com as mãos atadas depois que as tropas russas abandonaram aquela região.

O Presidente ucraniano mostrou-se visivelmente emocionado com os crimes cometidos: “É difícil dizer alguma coisa quando vemos aquilo que fizeram aqui. São crimes de guerra e serão reconhecidos pelo Mundo inteiro como genocídio”, afirmou Zelensky.

O Kremlin negou e diz que Kiev encenou todas as execuções de civis em Bucha (aqui), atando os pés e mãos de civis.